domingo, 19 de novembro de 2017

Simulacro

O simulacro de incêndio realizado teve como objetivo geral testar o plano de emergência interno. Estiveram presentes, os Bombeiros Municipais de Viana do Castelo e a PSP.
No dia 7 de novembro, pelas 15h, numa sala do 1.º piso deflagrou um foco de incêndio. Foi utilizada uma máquina de produzir fumo de forma a simular o incêndio e a dar maior realismo ao exercício. Num tempo inferior a cinco minutos a seguir ao sinal de alarme, todos os utilizadores da escola Após avaliação do local pelas forças presentes, foi dado por terminado o exercício e dada ordem para que todas as atividades regressassem à normalidade.
 A criação de rotinas faz com que a resposta seja pronta, equilibrada e rápida. Obrigada a todos pelas atitudes demonstradas na realização do exercício.

domingo, 5 de novembro de 2017

Visita de estudo a Guimarães

Visita de estudo a Guimarães:

- visita guiada ao Paço dos Duques de Bragança pela duquesa "D. Constança" e a sua aia;
- visita à Igreja de S. Miguel onde D. Afonso Henriques foi batizado;
- visita ao Castelo de Guimarães;
- visita ao monte da Penha e ao Santuário da N. Sra da Penha;
- visualização do teatro de marionetas sobre a história de D. Afonso Henriques.

Um dia maravilhoso de História!















terça-feira, 31 de outubro de 2017

tradições de Portugal

Em Portugal, temos uma tradição antiga e muito semelhante ao dia das Bruxas ou Halloween (dos países anglo-saxónicos), no qual as crianças batem às portas pedindo doces ou travessuras (trick or treat).

No dia 1 de Novembro, Dia de Todos-os-Santos em Portugal, as crianças saem à rua e juntam-se em pequenos bandos para pedir o Pão-por-Deus (ou o bolinho) de porta em porta. O dia de pão-por-deus, ou dia de todos os fíeis defuntos, era o dia em que antigamente se oferecia pão, bolos, vinho e outros alimentos aos mortos, de forma a pedir pela sua alma. É essa a origem deste ritual cristão, no qual as crianças (e também adultos, mas menos) que participam nos peditórios representam as almas dos mortos que «neste dia erram pelo mundo».

Versos de Pão por Deus. Quando pedem o Pão por Deus, as crianças recitam versos e recebem como oferenda pão, broas, bolos, romãs e frutos secos, nozes, tremoços, amêndoas ou castanhas, que colocam dentro dos seus sacos de pano, de retalhos ou de borlas.

 São vários os versos para pedir o Pão por Deus:

Ó tia, dá Pão-por-Deus?
Se o não tem Dê-lho Deus!.

 Ou então:

Pão por Deus,
Fiel de Deus,
Bolinho no saco,
Andai com Deus.

 Esta atividade é também realizada nos arredores de Lisboa. Antigamente relembrava a algumas pessoas o que aconteceu no dia 1 de Novembro de 1755, aquando do terramoto de Lisboa, em que as pessoas que viram todos os seus bens serem destruídos na catástrofe, tiveram que pedir “pão-por-deus” nas localidades vizinhas que não tinham sofrido danos.

Com o passar do tempo, o Pão por Deus sofreu algumas alterações, e os meninos que batem de porta em porta podem receber dinheiro, rebuçados ou chocolates.

fonte: https://pumpkin.pt

Depois desta explicação das tradições portuguesas, e como o Halloween tem origem no povo Celta que estivemos a estudar, na sala apenas fizemos uma recordação de uma bruxinha para levar para casa.

D. Dinis

As canções da Maria
 Especial História de Portugal
 D. Dinis (O rei que fez tudo o que quis)

E nasceu Portugal

As canções da Maria
Especial História de Portugal
E nasceu Portugal (Afonso, o Conquistador)